Arquivo da tag: restaurante

A comida brasileira em Londres

Segura que lá vem  jabá!

De vez em quando nós vamos  dar algumas recomendações de lugares e serviços aqui no Reino Unido. Este blog é parte de um projeto de faculdade, então pode ter certeza que qualquer indicação que rolar aqui é por puro amor mesmo, nada de business!

Enfim, a indicação de hoje vai para o lugar que salva nossa vida quando a saudade e a fome batem ao mesmo tempo! A culinária inglesa não é lá das piores, mas nada como um arroz, carne e salada para nos sentirmos um pouco mais perto do Brasil. E o mais legal de tudo é levar seus amigos gringos para comer comida brasileira, eles simplesmente não acreditam que a gente coma uma comida tão boa todos os dias!

No último final de semana, levei duas amigas, uma francesa e uma romena, para comer no Barraco, no bairro de Kilburn, em Londres.

IMG_0444A aparência for fora é bem simplória, mas por dentro rola uma decoração toda temática, musiquinha brasileira de fundo, e claro, a paixão nacional: futebol? Não. A comida!

IMG_0442

O cardápio tem as entradinhas que a gente tanto gosta como mandioca, pastel, pão de queijo (minha amiga francesa pira no “páo di quêjo”) e asinha de frango. Podem parecer nada rebuscadas, mas depois de morar aqui por um ano, você tá dando £100 num pastel de queijo com refrigerante.

IMG_0438

França, Brasil e Romênia. Viver em Londres é assim, tudo misturado!

As meninas foram de picanha na chapa com queijo e cebola, acompanhado de um pãozinho. Eu fui no tradicional arroz, carne e salada. A comida tem um gosto bem caseiro, mas ao mesmo tempo muito bem feita.

IMG_0441

De sobremesa, fomos de brigadeiro! Foi de comer de olhinho fechado, viu? Por mais que a gente tente fazer brigadeiro em casa aqui, o achocolatado não é mesmo, então não fica igualzinho.

IMG_0443

A gente não se cansa de falar do quão cosmopolita a capital inglesa é e ta aí a prova. O Barraco não é o único restaurante brasileiro na cidade, existem muitos outros! Você provar também os sabores de outros países e se sentir como se um pedacinho de cada país do mundo estivesse em um só lugar: Londres.

1 comentário

Arquivado em Uncategorized