Arquivo da tag: entretenimento

O que tá pegando em Londres: Eurovision 2014

Enquanto o Brasil se prepara para a  Copa do Mundo de futebol, na Inglaterra – e no resto da Europa – todas as atenções estão voltadas para uma espécie de Copa Européia da Música – o Eurovision 2014. A edição deste ano do concurso teve sua final transmitida na TV no último sábado (10).

Foto: Daily Mirror

Todos os anos, desde 1956, cantores dos 26 países membros da European Broadcast Union (União Européia de Transmissão) se apresentam ao vivo para uma audiência de 100 a 600 milhões de telespectadores – sendo um dos programas mais vistos no mundo – com o desafio de terem a sua canção eleita a mais popular da Europa.

Apesar de pouco conhecido no Brasil, grandes nomes da música mundial foram relevados através do Eurovision. Em 1974, por exemplo, o grupo sueco ABBA vencia o concurso com a canção “Waterloo”, o que os levaria ao topos das paradas futuramente com hits como “Dancing Queen”.

Mais de uma década mais tarde, em 1988, era a vez de Celine Dion brilhar no Eurovision representando a Suíça, com a canção em francês, “Ne partez pas sans moi”.

Neste ano, o concurso começou com uma reviravolta: pela primeira vez, uma cantora que se auto-declarava uma drag queen , a austríaca Conchita, que ficou conhecida como “A Mulher Barbada” participou do concurso e, apesar de ter angariado muitos fãs, também foi alvo de muito preconceito. No fim, para o delírio da audiência, Conchita venceu o concurso com a música “Rise Like A Phoenix”:

A representante do Reino Unido, Molly Smitten-Downes, da cidade de Leicester, no norte da Inglaterra, foi motivo de orgulho para os ingleses, que há muito tempo estavam insatisfeitos com seus representantes no Eurovision. Ela cantou “Children of the Universe e terminou o concurso no 17° lugar:

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O que tá pegando em Londres: Oscar 2014

Ontem á noite foi o momento de premiar os grandes filmes, atores e diretores do cinema e de ver Brad Pitt comendo pizza de smocking. Aqui em Londres, o burburinho está em torno do filme “12 Anos de Escravidão” que, além de ter sido eleito o melhor filme do ano, foi feito por um diretor britânico, o Steve McQueen.

Não sou crítica de cinema pra ficar aqui analisando os filmes que foram indicados esse ano, mas de uma coisa eu entendo: filmes tipicamente londrinos. Aqui vai então uma lista de filmes para você ver se quiser suspirar com as belas ruas londrinas e visões cinematográficas dos principais pontos turísticos da cidade:

Um Lugar Chamado Notting Hill:

Essa comédia romântica com o inglês preferido de todo mundo, Hugh Grant, e da americana mas não menos bela, Julia Roberts, se passa no bairro do oeste londrino, Notting Hill. O filme conta a história de um homem comum, dono de uma livraria que acaba vivendo um romance com uma grande atriz do cinema. Mas, ás vezes, você acaba se distraindo com as paisagens lindas do bairro e as casinhas vitorianas. Aliás, a casa da famosa porta azul existe e foi vendida logo após as filmagens por £1.3 milhōes de libras, segundo o site Movie Locations. A porta azul foi leiloada para caridade (quem compraria uma porta azul avulsa, gente?) e uma cópia a substitui hoje.

Simplesmente Amor:

O meu filme preferido e um clássico de Natal na Inglaterra, Simplesmente Amor bate todos os recordes de “britanicidade”. Com os melhores atores do Reino Unido como Colin Firth, Emma Thompson, Severus Snape e o Rick de The Walking Dead, o filme de Richard Curtis (mesmo diretor de Um Lugar Chamado Notting Hill e do próximo filme dessa lista) tem também presença ilustre do nosso Rodrigo Santoro, com um total de três falas. Chiquérrimo!

O Diário de Bridget Jones:

E a sequência “Bridget Jones: No Limite da Razão”…

O filme com Renée Zellweger, Colin Firth e Hugh Grant não é só uma óima oportunidade de ver pedacinhos de Londres mas também é uma ótima comédia. Ele conta a história, que foi baseada em um livro, de Bridget Jones, uma jornalista que tem alguns problemas de auto-estima e uns quilinhos a mais. Ela escreve em seu diário a sua jornada até encontrar o amor perfeito.

007: Skyfall:

Saindo um pouco das comédias românticas e filmes com Hugh Grant, o título mais recente da franquia de filmes do James Bond é repleto de imagens icônicas da capital inglesa, incluindo uma cena de um super acidente no Tube londrino, onde um trem quase cai em cima do Daniel Craig (o James Bond desse filme). Toda a sequência foi filmada em um trecho interditado da estaço de Charing Cross no centro de Londres.

Jean Charles:

O mais bacana do filme Jean Charles, com Selton Mello e Vanessa Giácomo, é que a cidade de Londres é mostrada do ponto de vista da maioria dos brasileiros que vivem aqui. O filme conta a trajetória do mineiro Jean Charles de Menezes atéo fatídico dia em que políciais londrinos o assassinaram ao o confundirem com um terrorista procurado, na estação de Stockwell, no sul de Londres. A história é linda e vários dos personagens são feitos por brasileiros que moram aqui de verdade e que enfrentam a realidade nem sempre tão fácil de quem deixa o Brasil para viver aqui. Recomendadíssimo!

Esqueci de algum filme? Qual o filme que mais te lembra Londres?

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

O que tá pegando em Londres: Sherlock Holmes (BBC)

Na série “O que tá pegando em Londres”, vamos falar do que todos os londrinos andam comentanto no metrô, na rua, na chuva ou na fazenda, pra você não ficar de fora das últimas séries de TV que andam bombando por aqui, ou dos assuntos mais quentes que andam enchendo as páginas dos jornais.

Neste post vamos falar da série que está colocando todo mundo na frente da TV domingo à noite: Sherlock Holmes.

Fonte: NotZombie.com

Fonte: NotZombie.com

A série da BBC com Benedict Cumberbatch e Martin Freeman (esse tá em praticamente todas as produções britânicas mais famosas) é uma adaptação dos livros de Sir Arthur Conan Doyle que contam a história de um detetive que resolve os mistérios e enigmas de Londres direto do seu escritório em Baker Street.

Essa versão, concebida por Steven Moffat e Mark Gatiss ( que também escreveram o seriado britânico Doctor Who), tem uma pegada mais moderna e com tramas muito mais elaboradas e complexas do que as estórias originais. O personagem de Sherlock Holmes é retratado como um sociopata sarcástico e muito observador, o que faz dele mais misterioso do que os casos que ele próprio resolve.

Benedict Cumberbatch é Sherlock Holmes. Fotne: CharacterGrades.com

Benedict Cumberbatch é Sherlock Holmes. Fonte: CharacterGrades.com

O formato da série também é bem interessante. Cada temporada possui apenas três episódios com 1 hora e meia de duração cada. Detalhe: as temporadas são lançadas de dois em dois anos. Então se for assistir, cuidado pra não se apegar demais porque se não a crise de abstinência vai doer!

Outra coisa legal é que a série vem recheada de imagens icônicas da capital inglesa: o Big Ben, estações do tube londrino, a Trafalgar Square e outras construções famosas como o Gerkin e o Palácio de Buckingham. Aqui vai um teaser da primeira temporada só pra dar um gostinho:

No Brasil, a série pode ser assistida no canal por assinatura da BBC HD, disponível para assinantes da NET. Mas vocês sabem que hoje em dia na internet se acha tudo, né gente?

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized